005.png

Um grupo brasileiro de assessoria esportiva com Expertise internacional em promover sonhos de atletas desde 2010.

 

Nossos Serviços

Agenciamento
AGENCIAMENTO-branco.png

Uma vasta e completa gama de serviços adequados às necessidades da sua carreira.

Gestão de Carreiras
GESTAO-DE-CARREIRAS-branco.png

Assessoria no planejamento de carreiras de curto, médio e longo prazo.

Intermediação
INTERMEDIAÇÃO-b-branco.png

Operação de intermediação de contratos individualmente, ou em operações conjuntas com outros agentes autorizados.

Atletas
 
 
Na Mídia
img_1130.jpeg

Militão 2028: mais uma renovação no Real Madrid fechada... e assinada

Eder Militao (24 anos) renovou com o Real Madrid até 2028, prorrogação que, como as de Vinicius (2027) e Rodrygo (2028), foi assinada em julho deste ano, antes da viagem aos Estados Unidos. O vínculo anterior se estendia até 2025, com o qual o acordo, cujas bases foram lançadas em Manchester, na primeira mão das semifinais da Liga dos Campeões, mostra tanto o crescimento do zagueiro quanto a confiança da direção esportiva nele.

O brasileiro se estabeleceu na última temporada e meia na elite europeia , que chegou de baixo, mostrando seu caráter lutador, desde o início no Santiago Bernabéu não foi fácil. Agora ele é indiscutível e seu desempenho lhe rendeu um aumento salarial considerável: de 3,5 milhões, cerca de 4 com os bônus, para 7 mais variáveis ​​por temporada.

Ele também aumentou sua cláusula de rescisão, que é de 500 milhões de euros. O Real Madrid vai, assim, afugentar os pretendentes do ex-jogador portuense, o mais destacado dos últimos meses, o Chelsea impedido pela mudança de titularidade na entidade e pela vontade do futebolista de continuar de branco.

Conforme o MARCA noticiou em relação aos de Vinicius e Rodrygo, a ideia é anunciar oficialmente a renovação de Militão após a turnê de pré-temporada. O defensor mais caro da história (50 milhões de euros; "Mostrei porque sou", disse ao MARCA nas suas férias em Ibiza) da entidade, que acaba de ser pai pela primeira vez, vai procurar acabar um ótimo 2022 com a disputa e conquista de sua primeira Copa do Mundo , no Catar a partir de novembro.

zagueiro-bremer-comemora-gol-marcado-pelo-torino-no-campeonato-italiano-1631480986814_v2_9

Cobiçado na Europa, Bremer merece chance na seleção
 

O zagueiro Bremer está prestes a mudar de clube no futebol italiano. Desejado por Internazionale e Juventus, ele passou as últimas quatro temporadas defendendo o Torino. Se destacou em três delas e não seria nenhum absurdo pensar nele como o ''último elemento'' do quarteto de zagueiros que Tite deve levar para o Qatar. Chama a atenção, aliás, o fato de não ter sido convocado ainda. Bremer passou pelas divisões de base do Desportivo Brasil e do São Paulo antes de se profissionalizar pelo Atlético Mineiro, em junho de 2017. Tinha 20 anos quando deixou o banco de reservas para atuar cinco minutos num duelo entre o Galo e a Chapecoense, no Brasileirão daquele ano. Fez 15 jogos na temporada, 13 como titular, e começou a mostrar suas qualidades.

Na temporada seguinte, entrou em campo como titular em outras 16 das 18 partidas que fez no alvinegro, antes de ser vendido por R$ 24 milhões em julho de 2018. Pouco jogou no primeiro ano de Torino, mas virou titular absoluto da equipe desde meados de 2019. Já são 110 jogos oficiais disputados e 13 gols marcados pelo Granata. Ótima média de tentos para um zagueiro.

A especialidade dele, porém, não é exatamente esta. A bola aérea, por mais que não esteja no nível dos principais zagueiros europeus, é uma das virtudes. Tem 1,88 m e muita imposição física. Por ser um atleta com explosão e capacidade de antevisão das jogadas, não evita o confronto com os atacantes, mas também cresceu no posicionamento na última linha. Se afoba menos. Pode fazer menos faltas.

Atuou nos dois lados do miolo de zaga, em linha de cinco ou linha de quatro, e deu boas respostas em todas as posições. Mesmo sendo destro, se sai bem pela esquerda. Não vai acrescentar a mesma qualidade de passe de Thiago Silva e Marquinhos na saída de bola, mas passa bem longe de comprometer. O enfrentamento em que foi posto à prova nos últimos anos dá respaldo em relação ao nível que o Brasil terá como oponente no Mundial. Encarou diversos atacantes de classe na Série A e se destacou. Foi o sexto melhor jogador de linha no ranking de vitórias em bolas aéreas defensivas. Repetiu a posição entre os que mais interceptaram bolas na competição. Tudo isso em uma equipe de nível mediano.

Éder Militão, Marquinhos e Thiago Silva, salvo alguma lesão, estão garantidos entre os 26 jogadores que defenderão o Brasil na Copa. Gabriel Magalhães, Felipe, Diego Carlos, Léo Ortiz, Lucas Veríssimo e Rodrigo Caio seriam outros postulantes a esta quarta vaga. Bremer não deve nada a nenhum deles. Parece mais pronto neste momento.

2022071408235489314.jpeg

Não há dúvidas, o Real Madrid tem o melhor plantel da LaLiga

 

Comparando linha por linha, a equipe merengue supera seus rivais locais, incluindo o FC Barcelona. 

As principais ligas europeias de futebol já estão se aquecendo. Os melhores clubes do continente se preparam para enfrentar uma temporada atípica, com a Copa do Mundo do Catar 2022 à vista. Na Espanha hoje isso acontece principalmente por causa do que Real Madrid e FC Barcelona fazem, os dois maiores clubes da LaLiga, e que aspiram aos mesmos, mas diferentes objetivos ao mesmo tempo. Os madridistas querem manter a supremacia no torneio regular, mas também na Liga dos Campeões, enquanto os catalães procuram reviver antigos louros em ambas as competições, com caras novas para satisfazer os pedidos de Xavi Hernández. 

O projeto esportivo do Barça é muito diferente do de seu rival. Os brancos vivem numa realidade, enquanto os azulgranas vivem num mundo de ilusões, esperando o sino tocar com a maquilhagem que estão a fazer no plantel, com um planeamento que está longe de ser condizente com as carências económicas em que vivem durante dois anos, fruto de má gestão e desperdício.

16579344955d52303e6419410749ddfb7c5edd6400_pic.jpeg

Dias no paraíso:Gabriel Leal continua sua saga de aventura na Indonésia

Surfista de 13 anos entra nos 60 primeiros dias de aprimoramento técnico e de aventuras com a família na Indonésia.

Surfe, paisagens paradisíacas, águas quentes e cristalinas e muitas descobertas e aprendizados. Essa tem sido a rotina do surfista baiano Gabriel Leal (13 anos) e sua família, nos dois primeiros meses na Indonésia. Ele e o pai Alexandre se preparam para uma aventura de duas semanas de surfe nas ondas de Macaronis, considerada a mais fantástica de todo o Oceano Índico.
 
A onda fica em um outro lado das ilhas Mentawaii, onde eles estão a cerca de um mês. A família Leal embarcou para a Indonésa em maio para uma temporada de cinco meses. Gabriel, Alexandre, Gerusa e Júlia (mãe e irmã de Gabriel) passaram o primeiro mês em Nias, na Ilha de Sumatra, onde interagiram bastante com a comunidade local e também pegaram muitas ondas.
 
Mentawai &ea